twitterfeed
PUBLICADO EM 13.01.2017 - 12:46

Lugar de mulher é no boteco

quentinha

Em tempos sombrios para a folia carioca, com a importação do soteropolitano Bloco da Eva e com cerveja feita “para mulher”, é preciso celebrar um dos melhores blocos da cidade, feito pela rapaziada que toda semana está nesta coluna: os donos de botequim. E os frequentadores, claro.

Amanhã, no Baródromo, rola o lançamento da camiseta do “Põe na Quentinha?”. O enredo deste ano, quase um lema de vida, vem muito a calhar: “Lugar de mulher é no boteco”. E lanço aqui a sugestão de homenagearmos Pitty Basílio, símbolo de uma geração. Com ela não tem Bloco da Eva, cerveja para mulher, nada disso. Bastam apenas três coisas para fazê-la feliz: um copo de Brahma, carré e um maço de Marlboro. Esta é sua Santíssima Trindade, que merece ser louvada por nós.

Obviamente que a homenagem não vem para tirar o brilho da eterna musa do bloco, Luiza do bar Da Gema, que comandará a bagunça, a partir das 14h. A roda de samba fica a cargo do impagável Makley Mattos e a Banda da Cozinha.
Além dos quitutes do Baródromo, haverá barraquinhas do Empório Quintana, Sobrenatural e o Boteco do Toninho (lá do bar do Momo). Nos intervalos, DJ Doni, figurinha fácil das quebradas desta cidade, comanda as carrapetas. Se você quer comer bem, beber bem e aproveitar um bloco de carnaval de verdade, não os fakes importados, não pode perder a chance.

O Baródromo fica na Rua Laura de Araújo, 102, Cidade Nova.

Publicidade