25 ago

Esclarecendo a dúvida: Afinal, o esmalte assinado pela Bruna Marquezine faz mal?

Muito tem se falado sobre a coleção de esmaltes assinada pela Bruna Marquezine para a Ludurana. Os vidrinhos com dez cores aparentemente inofensivas, viraram sinônimo de preocupação entre as mulheres. Tudo porque uma consumidora relatou nas redes sociais problemas nas unhas após o uso do produto. Segundo a nutricionista carioca Rogéria Teixeira, o esmalte com efeito degradê teria deixado suas unhas “destruídas, quebradiças e manchadas”. Após a postagem da nutricionista, outras pessoas que passaram o esmalte também notaram as unhas manchadas e começou-se a especular que a fórmula do produto continha chumbo. Confesso que havia ficado super chateada, pois na semana havia acabado de comprar dois vidros: o vermelho e o cinza. E eles não são tão baratos como os outros esmaltes.

De acordo com o dermatologista Pedro Ribeiro, do Centro de Tratamento Estético do Rio de Janeiro (CETERJ), o chumbo é um metal muito pesado e a presença em esmaltes pode, sim, trazer alguns riscos à saúde. Mas, para que isso ocorra, a pessoa precisa ser sensível ao produto. Segundo ele, a reações mais comum em pessoas que são alérgicas é a dermatite de contato, que pode desenvolver para uma infecção secundária.

esmalte

“Como a unha não é vascularizada, a região da pele que tiver contato com o produto, por exemplo, a face ou as mãos, é que irá provocar a dermatite. Também se houver uma pequena lesão entre a unha e a pele, o produto poderá penetrar — em caso de unha O ideal é sempre fazer um teste antes de aplicar totalmente o produto. Vale alertar que mulheres grávidas e lactantes devem evitar o uso de produtos que contenham esse tipo de substância química.”, informou Ribeiro.

Entrei em contato com a marca e a assessoria da Ludurana negou que tenha chumbo na fórmula do esmalte. “O que tem na composição é pó de ferro. Há um imã na tampinha que dá esse efeito de degradê quando entra em contato com o pó de ferro. Esse esmalte tem a mesma fórmula do esmalte magnético que foi lançado ano passado. A diferença é que o efeito é na ponta. Foi a primeira vez que uma consumidora reclamou sobre isso”.

De fato a Anvisa autorizou o produto, mas na embalagem consta que pessoas gestantes ou com algum tipo de dermatite devem evitar esse tipo de esmalte. Apesar de ser 3Free — livre de DBP, tolueno e formaldeído; reagentes com alto potencial alergênico — pessoas que têm alguma porosidade nas unhas, seja por conta do alongamento ou pelo hábito de polir muito as unhas, devem ficar longe dos vidrinhos coloridos, pois o pigmento pode entrar em contato com a pele e manchar a área de contato.

nail

Lembrando que o mais importante é verificar se o alicate e a espátula foram esterilizados. Melhor ainda que você leve o seu para não correr o risco de pegar nenhuma doença contagiosa. Não adianta nada manter uma aparência de unhas perfeitas por fora, sendo que o seu interior está todo estragado por falta de cuidado, certo?

Então é isso, pessoal. Espero que tenha esclarecido as dúvidas de vocês. ;)

Foto: Ecobolsa

Postado por Bianca Lobianco às 7:04 pm