twitterfeed
PUBLICADO EM 08.03.2017 - 12:56

Estado do Rio pode ter programa de preservação de aves ameaçadas de extinção

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota nesta quarta-feira, em segunda discussão, o projeto de lei 683/2015, do deputado Dr. Julianelli (Rede), que cria um programa estadual de preservação de aves ameaçadas de extinção. A proposta pretende reintroduzir espécies na natureza.

A jacutinga é uma das aves ameaçadas de extinção (Reprodução)

A jacutinga é uma das aves em extinção que será monitorada pelo projeto, se aprovoado (Reprodução)

De acordo com o texto, serão priorizadas aves que estejam na chamada lista vermelha do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), como a jacutinga e o macuco, por se tratarem de aves disseminadoras de sementes, processo importante para a recuperação da Mata Atlântica. O Executivo poderá firmar parcerias para financiamento, patrocínio e convênios com universidades, além de utilizar recursos do Fundo Estadual de Conservação Ambiental e Desenvolvimento Urbano (Fecam).

Se aprovado, projeto vai proteger aves como a jacutinga (Reprodução)

O macuco é disseminador de sementes, o que garante a recuperação da Mata Atlântica  (Reprodução)

O deputado ressalta que a biodiversidade é um importante ativo no contexto global, tornando-se uma aposta econômica e estratégica de países desenvolvidos. “É preciso fomentar programas que objetivem a reintrodução de aves que são responsáveis pela sobrevivência da Mata Atlântica, que a cada dia sofre com os efeitos do desmatamento e efeito estufa”, explica.

 

Fonte: Alerj

Publicidade