twitterfeed
PUBLICADO EM 13.07.2017 - 12:04

Aves são atingidas por tiros no Rio

Já noticiei aqui, infelizmente mais de uma vez, casos de cachorros atingidos por balas perdidas no Rio. Dessa vez, as vítimas foram três aves e no Alto Leblon, Zona Sul do Rio, uma das áreas mais nobres da cidade.  Isso mesmo: aves atingidas por tiros em plena Zona Sul. No sábado, uma bala de grosso calibre acertou o peito de um gavião carijó (foto), quando ele voava baixo. A cara de pavor e de dor do bichinho é de cortar o coração.

Divulgação/Paulo Maia/SOS Aves e Cia

Uma bala de grosso calibre acertou o peito do gavião carijó. Paulo Maia/ SOS Aves e Cia.Divulgação

 

No dia seguinte, outros dois casos. Dessa vez, foram falcões peregrinos (Falco peregrinus) alvejados no alto da Rocinha, na Gávea. A ave não é nativa do Brasil e está em extinção. Em ambos os casos, a SOS Aves e Cia. foi acionada, os resgatou e está cuidando deles. As balas já foram retiradas e eles se recuperam no abrigo da ONG, em Saquarema, na Região dos Lagos, mas estão em estado grave, segundo Paulo Maia, da SOS Aves e Cia. “Em 30 anos atuando na área de proteção ambiental nunca vi um caso desses em área urbana. Aonde vamos parar? Está cada dia pior”, lamentou ele.

O Ibama acompanha o caso por se tratar de animais silvestres e a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente da Polícia Federal investiga de onde partiram os tiros.

 

 

 

 

Publicidade