twitterfeed
PUBLICADO EM 03.10.2017 - 9:11

Guarda Municipal do Rio faz enquete para escolha de nomes de dois novos cães

O Grupamento de Cães da Guarda Municipal do Rio de Janeiro tem novos integrantes na tropa canina. São sete peludos (cinco fêmeas e dois machos) da raça pastor belga de malinois. E é você quem vai escolher  os nomes de um macho e de uma fêmea.  A campanha foi lançada hoje pela página no Facebook (facebook.com/gmrio.oficial). Filhos de Ilka e Atlas, os cães nasceram no dia 3 de agosto no Canil Maternidade, em Campo Grande, e vão reforçar o efetivo do grupamento.

 

 

A nota tropa de cães da Guarda Municipal tem dois machos e cinco fêmeas. (GM/Divulgação)

A nova tropa da guarda tem dois machos e cinco fêmeas. Nomes serão escolhidos por concurso (Divulgação)

Cada ninhada possui uma letra de referência, e os filhotes serão batizados com nomes iniciados pela letra M.  Com o nascimento dos sete filhotes, o Canil da Guarda Municipal chega a 27 cães da raça belga de malinois, mais da metade do plantel que inclui ainda cães da raça pastor alemão, labrador, golden retriever e fox paulistinha. Os seguidores poderão escolher entre cinco nomes para cada filhote e deverá comentar a postagem do Facebook com a hastag #CaodeGuarda + nome escolhido para cada filhote.

Para o macho, os nomes são Marley, Maroon, Merlin, Marvin e Maxxi.  E, para a fêmea,  Madona, Mabel, Mel, Mina e Mia.

CAO_2

“Os novos cães vão ajudar no processo de renovação do canil substituindo alguns que já estão entrando em idade de aposentadoria, com sete anos. Eles serão treinados para atuar nas diversas atividades fins que inclui o patrulhamento e as atividades socioeducativas”, conta o comandante do Grupamento de Cães de Guarda, inspetor Aluizio Alvarenga.

Esta não é a primeira vez que a escolha do nome de um cão da Guarda é aberta ao público. Em 2015, internautas ajudaram a batizar a cadela Kira, hoje com 3 anos.

 

Equipe do canil da guarda com os novos bebês da instituição que já começaram a ser avaliados. (GM/Divulgação)

Equipe do canil da GM com os bebês da instituição que já começaram a ser avaliados. (Divulgação)

Desde bem pequenos eles já recebem estímulos dos guardas adestradores para se ambientarem à rotina do grupamento, que começa com brincadeiras até a introdução a comandos de obediência. Em breve, os novos cães estarão nas ruas para os serviços operacionais e também para as apresentações de showdog, que tem o objetivo de interagir com a população. Todo o processo é cuidadosamente planejado para que o Canil tenha os melhores cães em seu efetivo.

“O processo de seleção dos filhotes começou com a escolha dos pais, que reuniam as características que queríamos imprimir na ninhada, como porte físico e temperamento, além daquelas inerentes à raça pastor belga de malinois: agilidade, inteligência e rusticidade, onde obtivemos resultados excelentes. O treinamento dos filhotes já se iniciou, com avaliações de temperamento, interação e agressividade, através de trabalhos direcionados”, explica o veterinário André Cunha.

 

Sobre o Canil da GM-Rio

CAO_1

O Grupamento de Cães de Guarda (GCG) foi criado em 24 de março de 1994 com a finalidade de auxiliar patrulhas em ruas, monumentos e prédios públicos da cidade. No início, eram 17 guardas municipais e apenas seis pastores alemães, sem pedigree. Hoje, o efetivo conta com 50 cães, que recebem treinamento frequente para atuar no patrulhamento e em ações de interação social com os cidadãos cariocas, por meio de apresentações de Showdog. Atualmente, os cães atuam na Quinta da Boa Vista, Centro do Rio, Aterro do Flamengo, Praça General Osório, em Ipanema, no entorno da estação de metrô Cidade Nova, além de jogos de futebol no Maracanã e em eventos na cidade, como o Rock in Rio.

Publicidade