twitterfeed
PUBLICADO EM 28.11.2017 - 11:28

Baleado, cão precisou amputar a pata

E a maldade humana não tem fim!

Bruno, um vira lata de aproximadamente 3 anos, terá que amputar a pata direita dianteira após levar um tiro, provavelmente, de pistola calibre 380, disparado por bandidos, na Barreira de Vasco, em São Cristóvão, na manhã desta terça-feira. Ele está sendo operado neste momento na Suipa, em Benfica, pelos veterinários da instituição Luiz Eduardo Castro e André Carneiro.

Bruno foi levado para a Suipa  por moradores da Barreira do Vasco. O cachorro chegou à Suipa com a bala alojada na pata. “Ele veio trazido por populares que demonstraram interesse em adotá-lo porque, aparentemente, não tem dono”, disse o veterinário.

Bruno sendo preparado para a cirurgia na Suipa (Divulgação)

Bruno na mesa de cirurgia na Suipa sendo preparado pelos veterinários do lcoal para operar (Divulgação)

Infelizmente, Bruno não é o único caso de animal baleado atendido na Suipa. Estatísticas da instituição mostram que, somente esse ano, já passou de dez o número de cachorros baleados atendidos pela Suipa. No ano passado, foram quase 18 animais baleados, entre eles cavalos. “Nunca perdemos um paciente”, conta Luiz Eduardo.

A Suipa passa por dificuldades e precisa de ajuda para continuar ajudando os peludos abandonados e salvando vidas como a de Bruno. Quem quiser ajudar a instituição entre em http://www.suipa.org.br/ e saiba como fazer.

A lesão na pata que teve que ser amputada (Divulgação)

A lesão provocada pelo tiro na patinha do cachorro, que teve que ser amputada (Divulgação)

Publicidade