twitterfeed
PUBLICADO EM 11.03.2014 - 0:00

Sem capacitação e fiscalização

Paralelo ao boom da construção civil, o número de incidentes acende o sinal vermelho. Só em 2012 foram registrados mais de 62 mil acidentes pelo Ministério da Previdência Social. No mesmo ano, três prédios desabaram no Centro do Rio. Dezessete pessoas morreram. A falta de fiscalização e de capacitação da mão de obra é apontada como principal fator pelo advogado Mauro Sheer Luís.

OBJ2398199_1

Um país que sediará a Copa e outros eventos ainda é mambembe em quesitos básicos como a fiscalização?

É preciso maior fiscalização pelo Ministério Público do Trabalho, pelo Ministério do Trabalho e por parte das próprias empresas para coibir a falta de cumprimento das normas de segurança e outras irregularidades.

Nesse ritmo acelerado, a jornada de trabalho também aumentou ?
Quanto mais longas as jornadas de trabalho, com menores intervalos de folga, maiores serão as possibilidades de acidentes. Outra questão importante é a falta de qualificação da mão de obra. Muitos trabalhadores não sabem operar as novas máquinas nos canteiros de obra.

Em caso de acidentes fatais, como a família deve agir?
A família deve pleitear até indenização por dano moral na Justiça. Para filhos e esposa, existe o dever de alimentos. Há casos nos quais parentes da vítima, como irmãos e tios, também têm direito.

Publicidade