twitterfeed
PUBLICADO EM 18.12.2016 - 20:37

O pessoal aqui do DIA tem a honra de trabalhar ao lado do Luarlindo Ernesto, repórter há 56 anos e que sempre tem uma boa história pra contar. Foi ele que, em 1983, descobriu que o mafioso italiano Tommaso Buscetta estava vivendo tranquilamente no Rio.Naquele momento, Buscetta era um dos criminosos mais procurados na Europa e nos EUA. A reportagem do Luarlindo permitiu que a polícia armasse o

PUBLICADO EM 07.12.2016 - 15:30

Taí uma ideia que tem dado certo: caixas temáticas para assinantes. Hein? Eu também não sabia disso, mas explico. É um serviço de assinaturas que envia para você, a cada mês, um kit com itens de decoração, design, produtos de beleza, moda, camisetas e livros (que, afinal, são o que movem meu mundinho).
Descobri esse novo negócio no site http://www.lojathegiftboxbr.com/ – que tem par

PUBLICADO EM 07.12.2016 - 9:37

Há muito tempo que eu queria ler algo do Raphael Montes. Precisava entender todo o oba-oba em cima dele, incluindo livros traduzidos para 13 países, elogio na imprensa internacional, milhares de leitores etc e tal. Ficava ainda mais intrigado porque o sujeito é novinho (hoje tem 26 anos), o que me parecia, sobretudo, uma jogada de marketing sobre uma obra qualquer. Tipo aconteceu, por exemplo,

PUBLICADO EM 22.11.2016 - 21:47

Há povos que se recusam a ser exterminados. Há gente que não desiste jamais.
É esse o recado de “Mundo desconhecido”, fotolivro do produtor audiovisual brasileiro Alex Mehedff. Em 2015, ele passou algumas semanas gravando uma série para TV no Iraque e na Síria. Com sua câmera a tiracolo, registrou milhares de imagens provocantes. Não previsto nos planos originais, o fotolivro é o resu

PUBLICADO EM 20.11.2016 - 23:26

Taí uma boa surpresa. “O ano da lebre”, que parece título de autoajuda ou coisa do gênero, é um livrinho daqueles que pega você já na primeira página, quando um fotógrafo abandona o colega jornalista no meio de uma estrada na Finlândia (e essa maldade, aliás, é o sonho de muita gente que conheço). E eles nem tinham brigado. O problema foi que, ao sair do carro para procurar no mato

PUBLICADO EM 11.11.2016 - 13:24

Taí uma semana agitada. No Rio, funcionários públicos invadem a Assembleia Legislativa para protestar contra a tunga do governo sobre seus salários. Nos EUA, o Donald Trump ganha as eleições para a presidência e, para minha surpresa, descubro que meus amigos de Facebook entendem pra burro de política norte-americana. Ou pode até ser que não entendam nada, mas ninguém perdeu a chance de

PUBLICADO EM 06.11.2016 - 20:16

O prefeito eleito, Marcelo Crivella, já mostrou que não é exatamente um exímio conhecedor das ruas do Rio – e, por extensão, da alma carioca. Uma pena. Por isso mesmo, e já na tentativa de colaborar para que seu governo não seja um desastre completo, esta humilde coluna recomenda a ele a leitura de “Rio em shamas” (assim mesmo, shamas, com S). É um livro curto e poderoso, assinado pe

PUBLICADO EM 05.11.2016 - 23:35

Se você tiver tempo para ler somente um livro este ano, minha sugestão é a biografia de um jornalista escrita por outro jornalista. Alguém haverá de implicar (injustamente) com o gênero: mas logo uma biografia? Aí que está o busílis. “Enquanto houver champanhe, há esperança”, do Joaquim Ferreira dos Santos, é um grande livro grande, onde você vai encontrar não só o perso

PUBLICADO EM 17.10.2016 - 8:21

O blog do Leo Dias publicou que a atriz Camila Pitanga foi a Goiás agradecer ao médium João de Deus por ter escapado com vida do mesmo incidente em que morreu seu parceiro de novela Domingos Montagner, em setembro de 2016.
Por coincidência, acaba de chegar às livrarias uma ótima biografia do médium, assinada pela Maria Helena P. T. Machado, professora de História da USP. “João de De

PUBLICADO EM 14.10.2016 - 23:42

No dia 30 de março de 1981, o americano John Hinckley Jr, de 25 anos, acordou com uma dúvida sui generis: deveria assassinar o presidente dos EUA ou suicidar-se diante da atriz adolescente Jodie Foster, por quem era perdidamente apaixonado? Decidiu-se por matar Ronald Reagan, que tomara posse havia poucas semanas. O pretenso assassino pensava que assim, com a grandiosidade de seu gesto, mostrari

VEJA MAIS POSTS