26 jan

Bruna Marquezine: ‘Tô passando o rodo sem saber’

Bruna Marquezine é completamente diferente de sua personagem Lurdinha, a exibida de ‘Salve Jorge’. Arredia quando o assunto é namoro ou quando se fala do jogador Neymar, ela diz que ninguém se interessava por sua vida pessoal quando tinha 8 anos e interpretou a Salete, de ‘Mulheres Apaixonadas’. “O que é que a Salete faz? Ela brinca”, diz, aos risos, a atriz. Bruna não nega que fica incomodada com os rumores de que estaria namorando. Primeiro, foi o jogador Neymar. Mais recentemente, o alvo foi Micael Borges. “A cada semana me arrumam um namorado novo! Eu tô passando o rodo sem saber”. Apesar de afirmar que não está namorando, Bruna conta que fica com uns rapazes de vez em quando, como qualquer adolescente de 17 anos. E a atriz não esconde que ficou surpresa quando leu sobre Lurdinha: “De cara, levei um sustinho com o figurino, mas é o meu trabalho e tenho que me entregar mesmo. Lurdinha gosta de exibir o corpo”.

Divulgação

Como está sua vida com a Lurdinha bombando em ‘Salve Jorge’?
Agora que terminei os estudos, o Ensino Médio, estou focando nela. É tudo pela Lurdinha (risos).

Você vai fazer faculdade?
Quero fazer cinema, mas faculdade é diferente de escola, né? Tem que ter uma determinação maior. Acho que não dá pra fazer faculdade e novela ao mesmo tempo. Vou deixar para focar nos estudos quando acabar ‘Salve Jorge’.

Glória Perez está encantada com você. O que vai acontecer com Lurdinha?
Juro que não sei, estou na expectativa. Lurdinha é a fofoqueira do morro, né? Eu sempre me surpreendo com cada capítulo da Glória.

Como foi compor a Lurdinha? Ela é bem diferente de você, não é? Fala alto, põe as mãos nas cadeiras, gesticula…
Foi bem difícil no início. Ela é quase o contrário do que eu sou. Nas primeiras cenas, eu ainda não gostava do que via, mas fui me acostumando com aquilo.

Mas você se inspirou em alguém para compor?
Não me inspirei, não. Tivemos workshop com alguns moradores do Alemão antes da novela e isso me inspirou muito. Foi daí que tirei a maior parte das informações. Mas às vezes a gente vê um filme e quase copia, então tentei não me prender a outros trabalhos. O texto da Glória é muito completo, dá muitas informações.

Você ficou incomodada quando soube que a personagem ia ser tão sensual?
Não foi um incômodo. Acho que, de cara, levei um sustinho com o figurino, mas é o meu trabalho e eu tenho que me entregar mesmo. Não é nada que fuja de uma menina de 17 anos. A Lurdinha gosta de exibir muito o corpo.

Se você recebe proposta para posar para uma revista usando biquíni, você aceita?
Depende da forma como isso vai ser mostrado. Pode ser sensual, vulgar… Acho que se o caso não é esse, não tem problema. Acho que não pode ser diferente da Bruna.

Você já disse muitos ‘nãos’ às revistas?
Acho que não. O legal é negociar, ver como vai ser o ensaio. O que não quero é que fique vulgar.

Você se vê como uma menina de 17 anos?
Me vejo.

E essa menina de 17 anos gosta de funk?
Acho que todo mundo, no fundo, no fundo, gosta de funk. Mas não é o tipo de música que eu escuto.

Então o que você gosta de escutar?
John Mayers, Joss Stone, músicas mais tranquilas e mais lentas. Mas tenho de tudo no meu celular, desde pagode até música mais tranquila. O funk é bom para festa, para não ficar parado.

Qual foi o seu pedido para mim antes da entrevista (risos)?
Não expor muito minha vida pessoal. Não tem essa necessidade. O que tenho de interessante para expor é o meu trabalho, é o que eu tenho a divulgar.

Mas sempre foi assim?
De uns tempos para cá, o interesse na minha vida pessoal aumentou.

Por causa da notícia do namoro com o Neymar?
Não foi por causa da notícia do Neymar. A cada semana me arrumam um namorado novo! Eu tô passando o rodo sem saber (muitos risos).

Mas beijar na boca não é normal?
Claro que é, ainda mais nessa idade. Só que as pessoas…

(Neste momento, Bruna aponta para este colunista) Por que é que você apontou pra mim? (mais risos)
Porque você já apareceu com uma foto… (risos).

É ruim para você aparecer ficando com um menino ou outro?
Dessa maneira, sim. Num dia, aparece: ela tá namorando fulano. No outro dia, aparece: ela tá ficando com outro. Daqui a uma semana, ela está saindo com outro. Às vezes, são notícias falsas.

A culpa é, também, da imprensa que dá como namoro uma simples ficada?
Claro. De qualquer maneira, acho que o beijo e o namoro não têm que ser inventado. Quando tiver um relacionamento que eu queira assumir, eu vou assumir. Por isso eu tento não falar muito da minha vida pessoal. Acho que dá abertura para falarem ainda mais e mais. Quando eu era criança, ninguém queria saber da minha vida pessoal. O que é que a Salete (personagem que a atriz interpretava, ainda criança, em ‘Mulheres Apaixonadas’) faz? Ela brinca (risos).

E Sasha ainda é muito sua amiga?
Ela é uma irmãzinha, e sempre vai ser minha irmã mais nova.

Como começou?
Eu fiz alguns trabalhos com a Xuxa e ela me disse que ia me levar para brincar com a Sasha.

Você acha que já está pronta para namorar?
Ah, você não faz curso para ficar pronta e namorar. “Agora estou preparada, é esse o momento” (risos). Se aparecer alguém legal, eu vou namorar.

Você se preparou fisicamente para a novela?
Eu sempre malhei, mas quando vi o figurino da Lurdinha, me assustei um pouco. Fechei a boca, comecei a malhar mais para não ficar vendo defeitinho no vídeo.

Você vê as cenas de quando era menor?
Às vezes rola uma sessão nostalgia, sim. Quando vejo meus trabalhos, vejo como melhorei.

É fácil chorar em cena?
É mais fácil chorar que fazer rir.

Você chora facilmente no dia a dia?
Se me pedirem para chorar, eu não consigo.

A Lurdinha vai chorar?
Acho mais fácil a Lurdinha fazer chorar.

Ela é vilã?
Não! É só fofoqueira, exibida, bem assumida. É algo de todo o núcleo do Alemão, todo mundo muito para frente, alegre.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 11:15 pm