Foto: Divulgação
11 abr

‘Eu dou sorte no amor. Estou sozinho porque fico bem assim’, diz Sérgio Marone

Sérgio Marone arranca suspiros da mulherada na pele do guerreiro Ramsés em ‘Os Dez Mandamentos’. Na entrevista a seguir, o ator conta como se preparou para exibir a invejada barriga tanquinho na TV. Marone também revela a primeira coisa que faz quando chega em casa depois de um dia de gravação: tira a roupa e fica de cueca. Solteiro por opção, o ator conta que, ao contrário de seu personagem, nunca precisou disputar o amor de alguém. “Nunca passei por isso, nem de lutar contra alguém por amor, nem de ter que batalhar muito para conquistar mulher. Eu dou sorte no amor. Tem muita gente legal! Estou sozinho porque fico bem assim”, afirmou.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Como foi sua preparação para Ramsés?
Li livros sobre antepassados e foi bem interessante para entrar no clima. É um universo distante de nós. Sou fã de ‘Game of Thrones’ e tem tudo a ver com essa atmosfera. Assisti ao filme ‘Exodus’ e ao próprio ‘Os Dez Mandamentos’. Li na internet sobre a vida de Ramsés. Sabia pouca coisa, mas não sabia que ele era o que mais governou durante toda a humanidade, 67 anos com o poder nas mãos. Fiz workshops com especialistas que falaram mais sobre a cultura egípcia e tive uma preparação de elenco muito boa. Fiz exercícios fundamentais para a postura e um trabalho de corpo mesmo.

Como está sendo fazer uma novela de época?
Está sendo uma delícia. Ela não é só uma novela de época, ela se passa em um tempo muito distante do nosso, em relação à cultura. Está sendo muito interessante viver isso. Tenho um tesão, me divirto muito e o clima é dos melhores nos bastidores. Todo mundo tem uma energia muito boa, está querendo que dê certo, e isso é muito bom. O figurino é muito diferente também. Gravo de saia todos os dias, é divertido. Geralmente na TV acabamos fazendo coisas muito cotidianas e atuais. Fugir disso é muito interessante. Lutar de espada é o que todo mundo imagina quando menino. Estou que nem criança com responsabilidade de adulto.

É a sua primeira produção na Record. É muito diferente de quando você estava na Globo?
Nenhuma. Tem muita gente com quem já trabalhei. Estamos em um estúdio incrível, de um padrão ótimo, e não tenho do que reclamar.

Você já tinha lido a Bíblia ?
Não. Eu fiz primeira comunhão, sou católico por batismo, mas não sou praticante. Me conecto com a natureza, acredito em energia e acho que Deus está na gente. Me religo à essência dessa maneira. Me aproximo do que é natural, de onde a gente veio. Acredito que Deus está nas menores partículas em cada um de nós e em qualquer coisa viva.

Você está em forma para o personagem. Intensificou a malhação? Ramsés está sempre com a barriga de fora…
Sim, mas nunca me foi pedido por ninguém. Foi uma coisa da minha cabeça. Sabendo que eu seria um guerreiro, eu queria estar com um corpo de guerreiro. Eles só comiam trigo, não tinham muitas variações. Eu queria estar com o corpo seco e corri atrás. Faço bastante coisa. Às vezes, acordo cinco da manhã para treinar e vou na cara e coragem. Faço treinamento funcional cinco vezes por semana, academia e praia, e duas vezes por semana faço treino de força com musculação. Não quero um corpo fortão. Mudei bastante a minha alimentação. Virei um viciado em receitas fitness. Quando acordo com tempo faço tapioca, banana amassada… Me viro bem sozinho e sempre me alimentei muito bem. Também tenho um endócrino que me ajuda a manipular uma proteína, um pré-treino.

O que você ouve nas ruas?
A repercussão está a melhor possível, está sensacional. As pessoas estão brincando muito comigo, pois ele tem uma coisa malandro, garoto. As pessoas estão gostando da novela. Elas elogiam muito as imagens, os atores, tudo. E brincam muito comigo e acham graça com o Ramsés. Era o que eu queria, pois lendo os textos eu enxergava humor nele. O que estou amando nesse personagem é que ele me possibilita ser vilão e mocinho. Ramsés tem mil facetas, não é um personagem chapado. É o sonho de consumo de qualquer ator ter oportunidade de fazer um papel assim.

Você foi um jovem galã na Globo. Esse rótulo te incomodou?
Qualquer rótulo me incomoda: galã, global, recordista. Não preciso ser uma coisa só. Apresento programa no canal i, apresentei Miss Brasil, não sou só galã. Posso ser apresentador , produtor de cinema, fazer teatro. O rótulo te coloca na prateleira e você parece que só sabe fazer aquilo. Sempre tive ótimas oportunidades no teatro, no cinema também, e até mesmo na TV. Fiz dois vilões na Globo.

Seu contrato é por obra?
Meu contrato é por obra há mais de oito anos. Eu adotei isso pra minha vida, desde que comprei meu apartamento quero ter essa liberdade, de viajar com teatro como fiz ano passado, ou então ficar três meses em Recife fazendo filme. Com o contrato por obra você tem essa liberdade de fazer outras coisas.

Sente algum preconceito da Globo em relação à Record?
Nenhum. Sabe por quê? Todo mundo torce para ter um mercado de trabalho maior, oportunidades de emprego, não só artístico, mas técnico, de produção. Nunca ouvi nada ruim. Tem atores incríveis na novela, pessoas que admiro demais. No meu Instagram vejo muita gente falando que está amando ‘Os Dez Mandamentos’, que nunca viu novela da Record e está amando. Estamos fazendo um produto bem feito, bem exibido e a emissora em que está não importa. O que importa é gerar emprego. Eu não tenho por que me arrepender. A novela é um sucesso!

‘Os Dez Mandamentos’ é uma novela, mas não é bem uma obra aberta, já que é uma passagem bíblica. É diferente?
Eu nunca fiz uma novela que tivesse tanto capítulo já escrito e a gente acaba no mesmo dia gravando cena dos capítulos 22 e 77. Isso é diferente. É como se tivesse fazendo um longa-metragem. É difícil para o ator, tem que criar a mudança e o amadurecimento do personagem. A diferença é essa, mas é muito bom, pois tem definido o caminho do personagem.

Está solteiro?
Solteiro, moro sozinho, lavo louça, não tenho empregada todo dia, não gosto de deixar nada sujo e empilhado. Tento deixar tudo organizado, porque quando chego em casa a primeira coisa que faço é tirar a roupa e ficar só de cueca. Gosto de receber gente, colocar um som, colocar alguém para cozinhar, dar uma força no fogão, mas não encaro cozinhar para os outros, não (risos).

Ramsés foi ferido em uma luta de espadas com Moisés (Guilherme Winter) na disputa pelo amor de Nefertari (Camila Rodrigues). Você já disputou o amor de alguém?
Não. Nunca passei por isso, nem de lutar contra alguém por amor, nem de ter que batalhar muito para conquistar mulher. Eu dou sorte no amor. Tem muita gente legal! Estou sozinho porque fico bem assim. Fico numa boa. Eu não me sinto sozinho, eu gosto de ficar comigo mesmo, lendo, vendo séries, vou ao cinema tranquilo e também me divirto, e tudo certo. Tenho que colocar na minha cabeça que até outubro meu trabalho é esse. A novela já deu certo. Vou continuar tocando esse barco, vou me divertir. Chego em casa e tenho que decorar o texto do dia seguinte, como alguma coisa e durmo.

Você estudou Direito. Terminou a faculdade?
Larguei para me dedicar à carreira de ator. Parei depois de um ano e meio. Eu queria fazer desde o colégio, meu pai me pediu pra fazer faculdade. Advogado é um ator, mas eu mesmo descobri que o direito no Brasil é diferente. Aí resolvi aproveitar enquanto estou jovem e apostar no que amo, que é o palco, o cinema.

Você fica na terceira fase da novela?
Fico. Só não devo estar nos últimos 20 capítulos.

Ramsés é seu quarto vilão. Mas você tem cara de bonzinho. Como isso se explica?
Não sei. De fato eu me divirto muito como vilão. A primeira oportunidade foi em ‘Paraíso Tropical’. Aí aconteceu o Nicholas, que ganhou o público em ‘Caras & Bocas’, e foi dando certo. Acho muito mais fácil fazer o vilão do que o mocinho. Você pode colorir muito mais. É bom ter cara de bom moço porque não fica óbvio. Quantos caras que conheceu que você jurava que eram legais pela cara?

Você acha que vai para o céu?
(Risos) Vou te falar uma coisa, eu acho que sim. Porque tudo que o Ramsés faz é para manter a ordem cósmica. Brincando exatamente com isso, faz parte da cultura egípcia. Estou te respondendo do ponto de vista do personagem que pensa assim. Ele vai para o céu com joias, vai levar mulher do harém. Ramsés com certeza vai para o céu e vai se divertir muito por lá.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 11:31 pm

Foto: Ag.News
10 abr

Humberto Martins vai fazer um implante capilar em São Paulo

Humberto Martins vai ser o próximo a se submeter a um implante capilar. A cirurgia vai acontecer no dia 16, às 14h, no Hospital Paulista, que fica na Vila Clementino, em São Paulo.

Foto: Ag.News

Foto: Ag.News

O responsável pelo transplante será o famoso médico Ricardo Lemos, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, da International Society of Hair Restoration Surgery e atualmente preside a Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar. Ricardo é especialista em transplante folicular com fio longo — em que são implantados fios de cabelos de quatro a dez centímetros e o paciente recebe alta sem nenhum curativo na cabeça.

A coluna já tinha cantado a pedra de que o implante de Marcos Pasquim, que faz o instrutor de saltos ornamentais Carlos de ‘Babilônia’, estava chamando a atenção nos bastidores da Globo. Paulo Vilhena, Gugu Liberato, Eike Batista, Elton John e até o político José Dirceu aderiram ao transplante. A coluna ligou para a clínica fundada por Ricardo, mas a atendente, obviamente, não confirmou a cirurgia de Humberto Martins.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 11:34 pm

Foto: Divulgação
10 abr

Pronto, falei!

A noite de lançamento do livro ‘Fala, Galvão!’, em uma livraria no Leblon, Zona Sul do Rio, foi marcada por uma tremenda saia justa entre um homem que se identificou como sendo da Editora Globo e jornalistas que cobriam o evento. Acontece que, em um determinado momento, esse tal homem resolveu encerrar as entrevistas com Galvão alegando que a fila estava grande (mais de 300 pessoas) e que ele não daria mais declarações. Até aí, tudo bem. Mas o homem, não satisfeito com o imediatismo do cumprimento de sua ordem, resolveu tirar os jornalistas na base do grito: “Se vocês querem terminar o trabalho de vocês, que terminem lá fora!”, disparou ele, apontando para a corda que separava Galvão do público…

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Pelo visto, a morte da renomada crítica de teatro Bárbara Heliodora, que tinha 91 anos, dividiu opiniões na classe artística. O diretor da TV Globo Alexandre Regis escreveu a seguinte frase em seu perfil no Facebook: “Já vai tarde, velha escrota”.

A Band demitiu 20 profissionais que atuavam no Rio na última segunda-feira. Com isso, a versão local do ‘Jogo Aberto’ deixou de ser apresentada. Mas a emissora insiste em dizer que não há crise… Entre os demitidos estão os comentaristas Djalminha, Pedrinho e Branco.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O lindo Rodrigo Hilbert agora dá dicas sobre culinária e mostra suas famosas receitas caseiras na Claro. Os assinantes recebem tudo por SMS, internet e versão em aplicativo para aparelhos android. A assinatura semanal custa R$ 3,99.

A assessoria de imprensa do Studio Lugato, na Barra, entrou em contato com a coluna para dizer que Amanda Pinheiro continua sendo cliente VIP para tratamentos estéticos.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 11:31 pm

Foto: Divulgação
10 abr

MC Carol: ‘Perdi a virgindade aos 17 anos’

Hoje, MC Carol fará parte do Projeto ‘Amaréfunk’, na roda de bate-papo ‘Funk e Sexualidade’, no Complexo da Maré. A funkeira gente boa conversou com a coluna e contou que é tímida.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

“Na verdade não gosto muito de falar, não. Tenho vergonha, mas fui convidada e vou”, disse. Carol contou que consegue se expressar melhor cantando e aborda bastante o tema sexo em suas composições.

“Fui criada pelos meus avós e nunca me abri sobre isso.Perdi a virgindade aos 17 anos”, falou. Ela também explicou porque é chamada de Carol Bandida. “Eu tenho jeito de homem e as pessoas dizem que sou cheia de marra e gírias, o apelido pegou desde pequena.” Casada há quatro anos, ela conta que o marido é ciumento e ajuda em casa.

“Ele arruma a casa e faz comida. Mas as roupas e calcinhas, lavo eu”, brincou sobre um funk próprio, que fala que o namorado teria que lavar as calcinhas.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 11:30 pm

10 abr

Repórter da Globo é demitido após se envolver com a ex-namorada do presidente da CBF

Um repórter esportivo da TV Globo foi demitido nesta sexta-feira. O motivo: ele se envolveu com Carol Muniz, ex-namorada de Marco Polo Del Nero, presidente da CBF.

O clima dentro da emissora ficou ruim para o jornalista depois que ele divulgou um vídeo íntimo onde Carol aparecia com os seios de fora e falava claramente sobre o ex-namorado.

“Não gosto de cara de academia, malhado. Gosta de homem que eu admire”, disse a ex-musa do Bahia sobre Marco. No vídeo escuta-se a voz do repórter, que é conhecido na Globo por ser mulherengo. Ele foi demitido hoje, pois o clima entre a emissora e a CBF ficou abalado após o escândalo. Diretores do esporte da Globo perceberam que o caso expôs bastante o nome da emissora e não valeria a pena comprar briga com a CBF.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 8:59 pm

Foto: Divulgação
9 abr

Protagonista de peça, Marília Pêra causa confusão e abandona montagem

Um tremenda confusão acontece nos bastidores da peça ‘A Atriz’, que seria protagonizada por Marília Pêra, com previsão para estrear no Teatro do Leblon. A respeitada e conceituada atriz começou a fazer uma série de exigências que desestruturaram completamente a produção. Ela reclamava e contestava absolutamente tudo: desde o figurino (ela exigia que seus vestidos fossem da marca italiana Dolce & Gabbana e os sapatos da grife francesa Repetto) até a direção. Marília fez com que Bibi Ferreira, que dirigia a produção, fosse afastada há cerca de duas semanas. No lugar dela, entrou José Possi Neto.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Para desespero da produção, Marília exigiu até a troca do estofado do sofá em que sentaria, alegando que era escorregadio demais. Por fim, ela pediu o afastamento de quase todo elenco, com exceção de sua irmã, Sandra Pêra, e seu filho, Ricardo Graça Melo. A situação ficou incontrolável, até que anteontem a própria Marília decidiu se afastar da produção, que estrearia no próximo dia 18. Betty Faria foi chamada às pressas para substituí-la. Maurício Shermann, ator convidado, assustado com tamanha confusão, também pediu afastamento e deixou a peça. Ele se despediu do grupo na tarde de ontem.

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Marília, além de protagonista, era a tradutora do texto da peça, do inglês Peter Quilter. Ninguém na Montenegro e Raman, produtora da montagem se posicionou oficialmente sobre o caos nos bastidores. Procurada, a assessoria de imprensa do espetáculo apenas confirmou a troca das atrizes. Marcos Montenegro, dono da produtora, investiu mais de R$ 200 mil na produção, que teve ainda um patrocínio da Eletrobrás de R$ 600 mil. Ainda não há uma nova data de estreia.

Comente ()

Postado por: Leo Dias às 11:33 pm