twitterfeed
PUBLICADO EM 28.12.2015 - 18:02

Ano de ouro nas areias

Bruno e Alison foram campeões mundiais em julho, na Holanda. Foto Denis Ferreira Netto/CBV

Bruno e Alison foram campeões mundiais em julho, na Holanda. Foto Denis Ferreira Netto/CBV

Alison e Bruno Schmidt tiveram um ano especial. Campeões mundiais e do Circuito Mundial de vôlei de praia, eles garantiram vaga nos Jogos do Rio, em 2016. “Uma vitória que marcou muito foi a final da Copa do Mundo. Todo o torneio foi importante, mas teve a nossa superação contra o time da casa (os holandeses Nummerdor e Varenhorst), após perdermos o primeiro set. Foi muito lindo e vai ficar marcado na minha vida”, lembra Alison.
Até a consagração, a dupla teve momentos complicados. Alison ficou cinco meses afastado das quadras, por conta de cirurgias no joelho direito e para a retirada do apêndice. “É difícil, após tanto tempo parado, já voltar em competições importantes. O começo do Circuito Mundial também foi difícil. Não estávamos jogando o nosso melhor e sabíamos disso”, diz Bruno.
Para chegar ao topo, Alison e Bruno apostaram no acompanhamento da psicóloga Sâmia Hallage. “O trabalho é muito bacana. Basta passar por momentos difíceis e resultados não satisfatórios para você ver o quanto é importante o acompanhamento psicológico. Ainda mais no ano que vem, com a pressão. Temos que saber lidar com isso e estar no nosso melhor não só no físico e na bola, mas na parte mental também”, destaca Bruno.

Publicidade