twitterfeed
PUBLICADO EM 24.11.2016 - 18:26

Um novo desafio no Rio

Giovane na festa do título estadual: Sesc venceu o Botafogo na final. Foto Alaor Filho/Divulgação Sesc

Giovane na festa do título estadual: Sesc venceu o Botafogo na final. Foto Alaor Filho/Divulgação Sesc

Campeão estadual em cima do Botafogo, sábado, na Hebraica, o Sesc-RJ terá como próximo desafio a disputa da Superliga B, quando buscará a vaga na elite do vôlei brasileiro. “Vai ser difícil, complicado. Mas é um desafio interessante. Muitos jogadores aqui não estão acostumados a jogar a Superliga B. É totalmente diferente. Estamos num projeto muito sério e queremos conquistar essa vaga. É um desafio, mas é uma coisa boa, de treinar cada vez mais para conseguir o nosso objetivo”, diz o levantador carioca Everaldo.

De volta ao Rio aos 31 anos, Everaldo iniciou a carreira no Clube Israelita Brasileiro (CIB) assistindo aos treinos do irmão mais velho e de lá seguiu para o Fluminense. Teve passagens por vários times do Brasil e agora assume, como capitão, o desafio de liderar o Sesc na temporada 2016/17. “Quando o Giovane me convidou, não tinha nem como pensar em dizer não. Estou muito feliz. O projeto já nasceu grande e tem tudo para ser enorme. Estou na minha cidade, com a família, em casa. Está sendo espetacular. Estou muito animado”, diz Everaldo, referindo-se ao bicampeão olímpico Giovane Gávio, treinador do Sesc.

Publicidade