twitterfeed
PUBLICADO EM 14.07.2017 - 15:25

No Sesc RJ, Juciely festeja recuperação

No Sesc RJ, Juciely se recupera de artroscopia no joelho direito. Foto Maíra Coelho/ O DIA

No Sesc RJ, Juciely se recupera de artroscopia no joelho direito. Foto Maíra Coelho/ O DIA

Na Urca, onde o Sesc RJ treina, Juciely saboreia o reencontro com as quadras. A central, que se submeteu a uma artroscopia no joelho direito no início de junho, festeja a volta aos treinos. “Voltei a treinar na segunda-feira. Esta semana está sendo abençoada e especial. Você começa a se sentir incomodada com a sensação de não estar podendo fazer nada, se sente um pouco inútil. Essa vida de estar parada para um atleta é muito sofrida. Ainda não estou saltando. Mas já recebi a notícia de que na semana que vem já vou estar treinando com as meninas. Está evoluindo muito rápido”, conta Juciely.

Ela chegou a estar na lista das convocadas do técnico José Roberto Guimarães para a Seleção em 2017. “Quando foi concretizada a notícia de que teria que fazer artroscopia, eu talvez já estivesse esperando pelo tanto que eu vinha sofrendo durante as partidas. A semifinal e a final da Superliga foram jogos mais sacrificantes. O médico já vinha falando que isso poderia acontecer. Quando você recebe a notícia, você sempre fica triste, mesmo que seja um procedimento pequeno”, recorda.

A central, que esteve nos Jogos do Rio, é cautelosa sobre voltar à Seleção: “O grupo está formado, mas me coloco à disposição. A gente vai esperar o que vai acontecer. Querendo ou não, a gente voltando pode interferir em alguma coisa no grupo.”

Campeã da Superliga pelo Rexona-Sesc, que agora se chama Sesc RJ, Juciely acredita que, mesmo com a saída do patrocinador, o time se manterá forte: “Estar aqui é como se estivesse em casa. Desde o primeiro momento fui recebida de braços abertos. Mesmo com a saída do Rexona, um parceiro de 20 anos, o Sesc entra mantendo o padrão. Fica a filosofia de trabalho.”

Publicidade