twitterfeed
PUBLICADO EM 18.05.2017 - 9:07

Botox ajuda a suavizar as rugas e linhas de expressão

botox

Sinais mais comuns de envelhecimento, as rugas são a principal inimiga das mulheres – e homens – cada vez mais preocupados com a aparência. Cresce cada dia mais o número de pessoas que querem deixar a face, o principal cartão de visitas, livre das linhas de expressões causadas pelo tempo.   Uma das soluções mais rápidas e mais seguras para remover as rugas é a injeção de toxina botulínica. Derivada de bactérias e descoberta há mais de um século, a substância é utilizada desde os anos 80 para fins medicinais.

“A toxina botulínica, quando aplicada no músculo provoca o relaxamento da região, por isso diminui os efeitos do tempo que causam rugas e linhas de expressão. Esse é um procedimento rápido e que requer pouco tempo de repouso para voltar às atividades normais do dia a dia, por isso é indicado para quem tem pressa”, explica Luciana Godinho. Segundo a especialista, o botox é indicado para suavizar as rugas e linhas de expressão do rosto.

Dados da Sociedade Americana de Cirurgia Plástica Estética (ASAPS) apontam que as injeções de botox já são o procedimento cosmético mais comum realizado nos Estados Unidos, com 4,3 milhões de procedimentos realizados em 2015, representando 42% de todos os procedimentos cosméticos nesse ano.  Depois do botox, é a vez do preenchimentos (2,6 milhões de procedimentos, 2%  a mais em comparação a  2015), seguidos dos peelings químicos  (1,36 milhão de procedimentos, 4% a mais em relação a 2015), depilação a laser (1,1 milhão de procedimentos, menos 1% em relação a  2015) e microdermoabrasão (775.000 procedimentos, menos 3% em relação a 2015).

A Toxina Botulínica é apropriada para suavizar rugas da testa, glabela (espaço entre as sobrancelhas) e os pés de galinhas (rugas que se formam nas regiões dos olhos).  Através de microinjeções em alguns pontos estratégicos, em uma única sessão e praticamente indolor, o procedimento é capaz de suavizar ou eliminar rugas menores e linhas de expressões no paciente.

“Em qualquer área o que faz ser um bom profissional é o tempo de atuação, aliado a especialização e diferenciais, tudo isso vai levar o paciente, o cliente, ou expectador a ter confiança em quem executa, ou seja, aquele que se tornou especialista”, afirma Raphael Jaureguiber. Mas qual é o segredo para executar a aplicação de botox com precisão e obter resultados altamente satisfatórios no tratamento estético? “É a forma de execução, e ou, aplicação. A principal motivação para este tratamento estético é o incômodo gerado pelas rugas ao paciente, se os resultados são surpreendentes confirma o potencial do profissional”, ressalta Raphael, que realiza mais de 150 procedimentos por semana em toda a sua rede.

“Esta substância é produzida por uma bactéria chamada Clostridium Botulinum, a mesma causadora da doença botulismo, porém a Toxina Botulínica industrializada é purificada e usada em doses que não causam a doença. No caso quando utilizada em procedimentos estéticos é aplicada no músculo, provocando o relaxamento da região e trazendo resultados maravilhosos e surpreendentes, realmente é uma substancia milagrosa, mas que precisa ser bem aplicada, caso contrário, além de ter efeitos contrários pode causar efeitos colaterais“, explica Raphael Jaureguiber.

Já o microbotox é uma técnica de aplicação de microdoses de botox mais intensamente diluído entre a camada superficial dos músculos da face e a derme, de modo a minimizar e prevenir o aparecimento de rugas sem impedir a contração dos músculos e, assim, preservar a expressão facial. “Proporciona, ainda, uma redução da função exagerada das glândulas sebáceas (reduzindo oleosidade e os poros abertos) e das glândulas sudoríparas (diminuindo a hiperidrose ou sudorese excessiva). Promove também a melhora da textura e aspecto geral da face”, explica a cirurgiã plástica Carolina Schafer.

Estudo indica satisfação de pacientes após botox

De acordo com um novo estudo publicado no Aesthetic Surgery Journal, publicação oficial da ASAPS, a satisfação do paciente com a aparência facial global aumentou em 28% com as injeções de toxina botulínica, principalmente em relação às rugas glabelares entre as sobrancelhas. A taxa de satisfação foi determinada com base na participação dos pacientes participantes do estudo FACE-Q, um instrumento recém-desenvolvido e validado, que pode ser usado para medir as percepções do paciente sobre os procedimentos cosméticos faciais.  A pesquisa consiste em 63 perguntas que pedem para o paciente avaliar sua aparência geral, aparência da idade, aparecimento de linhas faciais nas bochechas, nas dobras nasolabiais, na face inferior e mandíbula, no queixo e pescoço.

“Os resultados deste estudo não são surpreendentes e validam o que suspeitamos há algum tempo: um influxo cada vez maior de pacientes solicitando injeções de toxina botulínica tipo A na área entre as sobrancelhas e em outras áreas do rosto, para eliminar os pés de galinha. Como é uma correção rápida não-cirúrgica, o novo estudo reafirma a eficácia da toxina botulínica tipo A e a satisfação que o procedimento proporciona aos pacientes”, afirma o cirurgião plástico Ruben Penteado, (CRM-SP 62.735), diretor do Centro de Medicina Integrada.

Os autores do estudo examinaram 57 pacientes do sexo feminino que completaram o questionário do estudo FACE-Q. Após o estudo de base, os pacientes receberam injeções de uma marca de toxina botulínica tipo A na região entre as sobrancelhas. Duas semanas após a injeção, os participantes refizeram o questionário FACE-Q. As alterações percentuais nas respostas dos pacientes do primeiro ao segundo questionário foram avaliadas para determinar como as injeções afetaram a satisfação do paciente com a sua aparência facial.

“Os pacientes afirmaram que aparentavam uma média de 5,6 anos menos após a injeção com qualquer um dos produtos da toxina botulínica do tipo A. A idade média dos 57 pacientes que responderam ao questionário do FACE-Q pré e pós-neurotoxina foi de 49,6 anos (faixa de 32 a 75 anos). Isso indica que a satisfação dos pacientes com sua aparência facial global foi estatisticamente maior após receberem as injeções e, certamente, explica o sucesso contínuo da popularidade da neurotoxina para reduzir os sinais de envelhecimento”, diz Ruben Penteado, que é membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Outros procedimentos não cirúrgicos procurados

A biomédica Luciana Godinho, especializada em estética, listrou outros procedimentos não cirúrgicos mais procurados nas clínicas do país.

– Lifting Facial Sem Cirurgia com Fios Absorvíveis

O lifting dos tecidos acontece através da tração provocada pelo fio e da estimulação progressiva da produção do colágeno. “O procedimento promove o tratamento do fotoenvelhecimento, cicatrizes de acne, rugas e vincos, lesões actínicas, hiperpigmentação e efélides de forma segura, o que proporciona o estímulo da produção de colágeno e elastina, promovendo olifting (levantamento) lindo e duradouro”, explicou.

– Lipo Enzimática Detox

É uma técnica que consiste na aplicação subcutânea de pequenos volumes de fármacos que atuarão localmente para estimular a perda de gordura. “É um tratamento que estimula a redução de medidas através da queima de gordura localizada. O procedimento pode ser feito em diversas partes do corpo, como no abdômen, braços, flancos, culotes, interno de coxa, papada e costas”, disse.

– Lifting para Glúteos com Fios Absorvíveis

É a mesma técnica para o rosto, o lifting dos tecidos acontece através da tração provocada pelo fio e da estimulação progressiva da produção do colágeno. “Além de ser ótimo para eliminar tão temida celulite e a flacidez, o procedimento garante o aumento do bumbum em até 8 centímetros. A recuperação do volume é feita através da melhora da pele, além de refazer o contorno do bumbum”, explicou.

Publicidade