twitterfeed
PUBLICADO EM 17.04.2017 - 2:55

Como eliminar os quilos extras da Páscoa em apenas 4 minutos

agacha-com-salto

Para você que abusou das delícias da Páscoa e se empaturrou de chocolate,  o preparador físico e coach Vinícius Possebon preparou um treino de apenas quatro minutos. “A série de exercícios altera o metabolismo e auxilia na queima de gordura corporal”. Segundo ele, é possível “emagrecer comendo chocolate”.

Uma dica do preparador físico é comer devagar e curtir o momento. “Não tem problema nenhum comer um chocolatinho de vez em quando. A questão é apreciá-lo devagar, prestar atenção no cheiro, na textura. Assim, o corpo vai entender que já está cheio e não precisa comer mais para se sentir satisfeito”.

Criador de um sistema de emagrecimento chamado “Queima de 48 Horas”, Possebon traz a metodologia baseada no Treinamento Intervalado de Alta Intensidade (HIIT – High Intensity Interval Training), que propõe uma nova forma de encarar a atividade física.

“O objetivo deste trabalho é quebrar o paradigma de que para emagrecer é preciso dedicar horas aos exercícios e fazer dietas de contagem calórica”, explica. “Nesta metodologia de treino elevamos o nível de intensidade da atividade e acionamos mecanismos naturais que fazem com que o organismo utilize a gordura acumulada como fonte de energia até 48 horas depois do treino”, acrescenta.

Série para perder os quilos extras da Páscoa

Agachamento elevando os braços com salto –  Faça por 20 segundos. Suba bem os braços, agache a 90 graus, colocando o quadril para trás, e salte. Contraia o abdômen. Agache, com o quadril lá atrás, e tome cuidado para não forçar os joelhos. Inspire quando agachar e expire ao saltar. Descanse por 10 segundos.

Burpee -  Faça por 20 segundos. Posição de prancha, pule para a frente ainda com as mãos no chão e depois salte para o alto. Contraia bem o abdômen para não formar as costas quando jogar o pé atrás. Descanse por 10 segundos. Repita 4 vezes.

Método já ajudou 48 mil pessoas a emagrecer

Para Vinícius, comer e mexer no celular ao mesmo tempo, usar redes sociais ou até mesmo assistir à TV durante a alimentação são maus hábitos que devem ser evitados. “Desse jeito, você não dá a devida atenção para o que está comendo e acaba ingerindo mais do que deveria”, explica Possebon. Comprovado cientificamente, o nosso organismo só entende que estamos satisfeitos após 20 minutos.

Segundo Vinicius, as atividades físicas ajudam na autoestima das pessoas ao promover no corpo a liberação de hormônios importantes para a sensação de bem-estar, e que são chamados “hormônios da felicidade”. “Ao fazermos atividades físicas, o corpo promove estímulos para que as glândulas endócrinas produzam mais hormônios, como a ocitocina, serotonina e adrenalina, que em conjunto promovem a sensação de felicidade, bem-estar e tranquilidade”, explica, ao reforçar os efeitos analgésicos destes hormônios.

Ainda de acordo com o profissional, atividades físicas promovem a redução da pressão arterial e do risco de desenvolver diversos tipos de câncer. “A prática rotineira de exercícios também melhora a aparência da pele, fortalece o tecido muscular e as articulações, evitando problemas ósseos que chegam com a idade, e ainda ajudam na qualidade do sono”, elenca.

Ele diz que seu método Queima de 48 horas (Q48) já ajudou mais de 40 mil pessoas a emagrecer. “Não se trata de transformar todo mundo em atleta, mas de fazer com que todos possam ir à praia e se olhar no espelho sem se sentir desconfortáveis”, resume Possebon.

Segundo ele, o que mais chama atenção nos depoimentos dos adeptos de seu método é o poder que a redução da silhueta tem na construção da autoestima. “Pessoas que saíram da depressão, mudaram de vida e encontraram uma nova forma de ser feliz precisaram apenas se sentir bonitas”, explica o especialista, que recorda como tudo o que as pessoas desejam é tornar externa a beleza que possuem dentro de si mesmas.

Fonte: Queima de 48 Horas, com redação

Publicidade