twitterfeed
PUBLICADO EM 14.07.2017 - 9:58

Mais de 2 milhões de brasileiros – ou cerca de 1% da população – têm esquizofrenia. Do total, 68% não recebem tratamento. Mas a doença mental não é necessariamente o fim. Daniel Velloso descobriu sua esquizofrenia com 18 anos, depois de sofrer por longos seis anos sem diagnóstico.  “Minha esquizofrenia começou com 12 anos. Hoje tenho 31 e com a doença totalmente pon

PUBLICADO EM 09.07.2017 - 9:10

Neste domingo, 9 de julho, celebra-se o Dia do Oncologista, carreira que envolve a nobreza da Medicina e, ao mesmo tempo, os desafios de uma especialidade que lida diariamente com a morte, mas lutando o tempo todo a favor da vida e de sua qualidade. Para contar um pouco sobre a rotina de um oncologista, trazemos o relato  de  Juliana Ominelli, do Centro de Excelência Oncológica.

Graduada pel

PUBLICADO EM 26.06.2017 - 10:28

“A casa caiu”. Foi esta a reação de Ângela Hollanda ao receber, na porta de sua casa, agentes federais em busca de seu filho. Como muitas mães de um dependente químico, Ângela Hollanda passou por várias fases até encontrar o jeito certo de lidar com a doença. “Resolvi me especializar em dependência química e outros transtornos compulsivos por me ver envolvida e não

PUBLICADO EM 12.05.2017 - 9:45

Mônica Marinho, de 32 anos, sofre há 15 anos com um problema que afeta muitas mulheres brasileiras em idade reprodutiva, que sonham em ser mães: a endometriose profunda. O sofrimento é ainda maior quando se fala em tratamento na rede pública: faltam médicos especialistas, exames e, principalmente, tratamento adequado. Apesar de ter indicação para uma cirurgia, ela não consegue ser operada

PUBLICADO EM 07.04.2017 - 9:38

Elisa (nome fictício), 47 anos, moradora do Rio de Janeiro, nunca imaginou que um dia fosse se revirar do avesso. A vida seguia bem, com tantos degraus conquistados para se tornar uma pessoa “comum e feliz”, quando, de repente, alguém parece tirar a escada do caminho. E Elisa desaba. Há sete anos, ela teve o primeiro diagnóstico de ansiedade, que evoluiria mais tarde para uma dep

PUBLICADO EM 06.04.2017 - 9:58

Enérgica, inteligente, bem articulada e multifacetada, a empresária Juliana Pereira (nome fictício), de 38 anos, descobriu recentemente que a grande tristeza que, de uma hora para outra a isolava do mundo e a levava, literalmente, para a cama, era a depressão. O diagnóstico ainda não está totalmente fechado, mas ela já se trata com antidepressivos e busca uma forma de encarar o problema.

PUBLICADO EM 05.04.2017 - 9:34

Falante, divertida e sempre cercada de amigos. Era assim que a professora Georgia Santos, hoje com 49 anos, sempre viveu. Até se deparar com um mal que, inexplicavelmente, passou a consumi-la. Foram duas grandes crises: a primeira, há 20 anos, quando perdeu o irmão assassinado. E a segunda, quando os tios faleceram, há sete anos. Confira a história de Georgia e como ela conseguiu se recuper

PUBLICADO EM 04.04.2017 - 9:11

Charles Peterson Soares de Rezende, de 42 anos, começou a sentir os sintomas da depressão no auge da adolescência, aos 19 anos. Uma fase em que o problema costuma aflorar, segundo especialistas. Foram longos anos convivendo com os altos e baixos da doença, até que, com o nascimento do filho, sua vida mudou radicalmente. “Os motivos de minha depressão ficaram pequenos. Minha missão co

PUBLICADO EM 03.04.2017 - 9:48

A depressão já atinge uma em cada cinco pessoas no mundo. O problema é tão grave que a Organização Mundial de Saúde (OMS) decidiu dedicar o Dia Mundial de Saúde (7 de abril) a discutir o tema (confira a matéria aqui). Esta semana, o Blog Vida & Ação traz uma série de depoimentos na seção ‘Eu Vivo’ sobre como pacientes enfrentaram e enfrentam a doença. A primeira de

PUBLICADO EM 29.03.2017 - 8:20

Diagnosticado com câncer de rim, Valcyr Melo fez quimioterapia durante seis anos e sentiu o impacto na qualidade de vida. “Perdi cabelo, paladar e olfato. Com isso, emagreci 16 quilos”, relata. Apesar disso, o tumor resistiu e os médicos decidiram adotar a imunoterapia como tratamento. Ele se adaptou muito bem à troca da medicação, além de recuperar peso e se sentir mais disposto para a

VEJA MAIS POSTS